Opiniões



Mansão é comprada por US$ 1 e transformada em hostel - O Globo - Junho/2014



O sonho de um casal em Memphis, Tennessee, nos Estados Unidos, era encontrar o lugar perfeito para criar um hostel. José e Jennifer Velásquez começaram a procurar por uma residência onde pudessem realizar o sonho que tinham há 24 anos. Eles até acharam, mas o que não esperavam era o preço: US$ 1. Isso mesmo, apenas um dólar.

A mansão de 8.100 metros quadrados foi construída em 1848 e quatro anos depois comprada por um influente banqueiro da região que realizou reformas, acrescentando à estrutura uma torre e o terceiro andar - ele tinha 10 filhos! Mais tarde, o imóvel pertenceu a James Lee Junior, que é como a residência ficou conhecida até hoje: "The James Lee House". Após sua morte em 1929, sua filha doou a casa para a cidade, que foi transformada numa escola de artes até 1959. Embora o município tivesse planos de construir um museu ali, a ideia nunca se concretizou, e o imóvel ficou vazio por mais de uma década, transformando a bela estrutura numa casa abandonada e decadente.

- Nós sempre quisemos ter um hostel. Desde que passamos a lua de mel neste tipo de acomodação. Chegamos a visitar alguns imóveis, mas nada nos interessava muito, até que vimos esta propriedade. É incrível. Trata-se de um casa no estilo vitoriano, com uma riqueza de história marcante - afirma o proprietário.

O projeto, entretanto, custou bem mais que a simbólica quantia de compra: o gasto total foi de US$ 2 milhões. Velásquez explica que junto com o um dólar da compra, foi necessário garantir o financiamento milionário da obra, detalhamento dos contratos com os profissionais, assim como realizar todas as mudanças dentro de 12 meses. O hostel foi aberto no dia 17 de abril deste ano:

- Nós conseguimos fazer tudo em dez meses. Tínhamos uma equipe extremamente competente que trabalhou seis dias por semana sem parar.

DECORAÇÃO MISTURA ERA VITORIANA E DESTE SÉCULO

E com um legado tão rico tanto na história da cidade quanto na decoração, o casal optou por manter algumas características intactas, como os espelhos no grande salão, as lareiras e a estrutura e estilo das salas de jantar e de entrada.

- Nós queríamos manter a história do estilo de outrora, mas também oferecer aos nossos hóspedes o conforto deste século - refere-se o dono, exemplificando como o design das janelas e o ar-condicionado nos quartos se integram.

Ao todo, são cinco suítes e cada uma leva o nome de antigos donos. As diárias custam entre US$ 245 (R$ 541) e US$ 450 (R$ 994). Segundo Velásquez, a maioria dos visitantes é da região, mas eles recebem também muitos ingleses e suíços.

Se estiver nos seus planos ir a Memphis nas próximas semanas, pode ver a disponibilidade de hospedagem no site deles James Lee House. De qualquer forma, dê uma conferida, em nossa fotogaleria, na mansão que virou hostel sem perder a compostura.

 

Fonte: http://oglobo.globo.com/economia/imoveis/casa-da-semana-mansao-comprada-por-us-1-transformada-em-hostel-13007138

Faça seus comentários em: contato@sergiomauad.com.br