Opiniões



Latin American Art Museum (LAAM) - FERNANDO ROMERO ENTERPRISE - Arqbancada - Junho/2015



Um prédio de quatro pavimentos visto como uma sobreposição de terraços em rotação caracteriza o mais novo projeto do arquiteto mexicano Fernando Romero, revelado durante o Art Basel Miami Beach 2014, nos EUA. Trata-se do Latin American Art Museum (LAAM), que abrigará uma rica coleção de arte contemporânea da América Latina, incluindo artistas como Diego Rivera, Fernando Botero e Candido Portinari.  

Inspirado nas diferentes seções do composto urbano de Miami, cujo contorno dá a forma para cada um dos níveis da edificação, o projeto revela generosas varandas moldadas para facilitar a passagem entre o interior e exterior, que transformam os espaços em verdadeiros jardins esculturais. Escadas e rampas, posicionadas dentro e fora do edifício, oferecem conexões entre galerias e terraços. O arquiteto espera que a estrutura “enfatize os benefícios da arquitetura tropical” através da adição de ventilação natural e o paisagismo.

O LAAM será implantado na Biscayne Boulevard como parte de um complexo habitacional. De acordo com o escritório FR-EE, o museu também funcionará como principal acesso para moradores de um condomínio de luxo, que será construído em fase posterior. Estima-se que os apartamentos serão vendidos entre dois e 20 milhões de dólares. “O museu vai ser uma espécie de ponto de encontro para os moradores e os visitantes”, disse o estúdio.

O programa de necessidades se define pelos diferentes níveis. O primeiro andar será reservado para a exposição de artistas emergentes, o segundo abrigará exposições temporárias, o terceiro piso mostrará uma seleção de obras da coleção permanente e um restaurante está previsto no último pavimento, enquanto lojas e café serão situados no piso térreo.

O museu vai contar com a maior e mais abrangente coleção de obras de artes da América Latina, com mais de 150 artistas contemporâneos dentre os mais importantes do continente. O futuro complexo cultural tem a pretensão de ser a maior vitrine da arte latino-americana na América do Norte, com mais de 600 obras que fazem parte atualmente da coleção privada de  Gary Nader, benfeitor do museu.

Estarão no acervo permanente artistas como Angel Acosta Leon, Pedro Alvarez, Angel Botello, Fernando Botero, Agustin Cardenas, Mario Carreño, e os brasileiros Emiliano Di Cavalcanti e Candido Portinari. A inauguração da obra está prevista para 2016.

O Museu de Arte Latino-americano é o mais recente de uma série de ambiciosos projetos arquitetônicos que transformarão a cidade norte-americana em um importante destino cultural, que conta com outras obras projetadas por Sou Fujimoto, Bjarke Ingels e OMA.

Link Patrocinado :  Water Pro - Uso Racional da Água

Comente em contato@sergiomauad.com.br

Fonte http://www.arqbacana.com.br/internal/arq!projetos/read/14338/fr-ee-%E2%80%93-fernando-romero-enterprise-latin-american-art-museum-(laam)